Um dia bom

Você já deve ter ouvido em algum lugar: a felicidade está nas coisas simples. Hoje foi um dia tranquilo, bem simples, e talvez por isso mesmo bom demais.

Na parte da manhã, um pouco de preguiça e literatura. Li hoje um dos textos que mais me tocaram nos últimos tempos. Foi uma das partes do conto “Pequenas canções de outono”, que está no livro “Fichas de vitrola“, de Jaime Prado Gouvêa. Belíssimo texto. O conto inteiro é excelente, mas ele é dividido em partes que poderia ser independentes, e a segunda delas é uma obra-prima.

Fomos ao shopping e comprei mais um livro (serão vários este mês): “Antônio“, de Beatriz Bracher, que eu tinha reservado na livraria faz tempo.

Amanhã é dia de Cortázar!

Comprei também um cd, que encontrei, por acaso: a trilha sonora do filme “Godzilla”. Dizem que ele é uma droga, mas estou adorando o disco. Nele tem uma das músicas do Foo Fighters que mais gosto, e que não está em cd nenhum: “A320”. Sim, o Dave Grohl tem uma espécie de psicose por avião.

Essas coisas raras assim – moro num lugar onde chegar um disco desse é coisa totalmente improvável -, só acontecem quando Cássia está comigo. Por isso não pensei duas vezes e comprei logo.

Tocava um disco do Michael Jackson, na Americanas, a edição especial de “Thriller”. A garota que nos atendeu disse que chegaram vários e já estava acabando. Na loja só havia mais um à venda, além do que estava tocando no som da loja.

Voltamos pra casa, tentamos ouvir um pouco o Lobo Antunes ao vivo na Flip e ver o Humberto Werneck, que mediava a conversa, mas o portuga fala rápido demais. Vimos um pedacinho só e fomos tomar café. Depois, um pouco de tevê, aconchego, música e preguiça hehe

Íamos comer comida chinesa hoje, mas não deu certo. Vai ficar para a próxima.

Nossa, muito boa a trilha do “Godzilla”. Ouçam na web ou comprem, vale a pena (e estou ainda na música 8!).

Noto agora que este post ficou meio com cara de Twitter. Mas é assim mesmo, vou trabalhar num post mais classudo agora. Volto daqui a pouco pra avisar dele.

This entry was posted in A vida como ela é, Consumismo, Livros, Música. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

One Comment

  1. Cássia
    Posted July 4, 2009 at 23:47 | Permalink

    Realmente um dia bom 😉

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*