Shout it out, dos irmãos Hanson

O lançamento oficial de “Shout it out“, oitavo álbum de estúdio dos irmãos Hanson, é hoje, dia 08 de junho, mas já faz alguns dias que o disco pode ser ouvido na íntegra através do perfil que a banda mantém no MySpace. Os Hanson, você deve lembrar, são os responsáveis por uma das músicas mais grudentas e executadas de todos os tempos: “MMMBop”. Os moleques que a cantavam cresceram, se tornaram pais e vêm fazendo boa música há anos.

“Thinking ’bout something”, primeiro single do novo trabalho, foi lançado em meados de abril e o seu clipe recebeu muitos elogios por prestar homenagem a uma cena do filme “The Blues Brothers“, de 1980, que contou com a participação especial de ninguém menos que Ray Charles.

“Shout it out” é um disco alegre e despretensioso – no bom sentido -, mas ao mesmo tempo ambicioso. Os três irmãos vêm de trabalhos mais introspectivos e “adultos”, digamos assim: “Underneath”, de 2004, um belíssimo disco, mas ainda indeciso entre o pop e as melodias mais trabalhadas; e “The Walk”, de 2007, o grande trabalho do Hanson até aqui. “The Walk” é um disco maduro, muito mais coeso e preciso que os anteriores. Na verdade, a banda começou a dar indícios de que estava deixando de ser um trio de garotos em “This Time Around”, de 2004, que é um bom álbum, mas que foi sufocado pela balada extremamente melosa “Save me” e pela animadinha “If Only”, que foram as canções mais famosas daquele trabalho. O que é uma pena, porque há outras músicas boas no disco, sendo a que o intitula um rock’n’roll vigoroso, muito bem executado e com uma ótima letra.

Talvez os primeiros discos sejam o motivo que leva muita gente a não levar a sério os irmãos Hanson. Mas não dar atenção ao trio é perder a oportunidade de testemunhar a evolução de uma banda que está na estrada desde 1992, e que vem evoluindo musicalmente com o passar dos anos.

“Shout it out” não é um álbum que segue exatamente o caminho dos anteriores, mas ao mesmo tempo faz uma mistura do melhor de tudo o que os Hanson fizeram até aqui, e por isso mesmo é um disco corajoso. Porque não é qualquer artista que consegue transitar pelo rock e pelo pop com a facilidade com que eles fazem. Houve a inserção de metais em algumas das músicas e o viés mais acústico, iniciado em “Underneath”, e o mais roqueiro, com uma maior utilização de guitarras, em “The Walk”, foi deixado um pouco de lado. Agora, o piano fala mais alto e os metais dão às canções uma aura de alegria e felicidade contagiante. Como eles mesmos disseram em uma das entrevistas de divulgação do álbum, eles decidiram que era hora de se divertir um pouco, e “Shout it out” é a expressão musical dessa vontade.

Mesmo assim, as influências que fizeram tão bem aos discos anteriores não foram esquecidas. Canções como “Carry you there”, “Use me up”, “These walls”, “Musical ride”, “Voice in the chorus” e “Me, myself and i” provam que a banda está ainda mais experiente.

Assim como os Hanson, nós, que estamos longe dos holofotes, somos cobrados o tempo inteiro. Se jovens, pelo desempenho nos estudos; se adultos, por cumprir obrigações e assumir responsabilidades; se mais adultos ainda, por dar uma vida digna à família. E às vezes chegamos ao ponto de esquecermos que é necessário ter alguma diversão, uma folga, uma via de escape. “Shout it out” é justamente isto: o lembrete de que todos nós precisamos de férias.

Ouça o disco. E não se esqueça disso.

This entry was posted in Música. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

38 Comments

  1. Carla Ceres
    Posted June 8, 2010 at 14:47 | Permalink

    Valeu a dica, Rafael!
    Eu havia perdido os Hanson de vista. Gostei da música.

  2. Posted June 8, 2010 at 17:40 | Permalink

    Os meninos merecem esse reconhecimento, o cd ta muito bom e promete ser o melhor da carreira deles. Shout It Out tem um segmento de blues e pop…uma mistura exata da influencia que Isaac, Taylor e Zac sempre tiveram em suas vidas.
    Shou It Out!

  3. Posted June 8, 2010 at 18:40 | Permalink

    Pô, eu não consigo falar de Hanson sem lembrar da minha pré-adolescência colecionando tudo o que saía sobre os moçoilos. Vou conferir o novo disco, “Thinking ’bout something” já está no meu player.

  4. Isadora
    Posted June 8, 2010 at 18:53 | Permalink

    Muito legal esse CD! Os meninos estão arrasando! O mundo pode conferir uma boa música de altíssima qualidade! Eu recomendo” 😉

  5. Emília Arifa
    Posted June 8, 2010 at 22:55 | Permalink

    O Shout It Out é um disco glorioso,vale a pena ouvir

  6. Cristiane
    Posted June 9, 2010 at 10:14 | Permalink

    Parabéns pela matéria, isso prova que existem colaboradores sérios e sem preconceitos de avaliar com justiça o trabalho de uma banda muito boa e infelizmente esquecida!
    O CD é ótimo, todos deveriam ouvir!
    Parabéns novamente!!

  7. Camila
    Posted June 9, 2010 at 12:10 | Permalink

    Muito boa a matéria!!!! Parabéns!!! Mostra que houve uma pesquisa e uma análise séria da banda!
    Realmente o Hanson vem evoluindo a cada trabalho! “Shout it Out” é muito contagiante, te deixa de bom astral!!!

  8. Posted June 9, 2010 at 13:42 | Permalink

    Parabéns pela matéria incrível.
    Hanson merece esse reconhecimento.

  9. Rafael Rodrigues
    Posted June 9, 2010 at 13:49 | Permalink

    Obrigado a todas vocês que comentaram – e às que porventura comentarem adiante. Eu sinceramente não esperava essa repercussão do post. Abraços!

  10. Mariana
    Posted June 9, 2010 at 14:00 | Permalink

    Antes de qualquer coisa, gostaria de elogiar a pessoa que escreveu esta matéria. Muito bem escrito e principalmente sem o preconceito que as pessoas tem ao falar sobre o Hanson. O Cd é imperdivel e os garotos estão numa fase maravilhosa, maduros e responsáveis. No Cd, uma música é melhor que a outra e todas formam o álbum do ano, com certeza. Shout It Out!

  11. Posted June 9, 2010 at 14:37 | Permalink

    Acompanho a carreira deles desde os primeiros discos e adoro todos eles..
    Tenho que admitir que a cada disco eles surpreendem com muito talento, mais do que muitas bandas mais reconhecidas por ai.
    Ainda não ouvi o cd todo, mas as musicas que eu ouvi são maravilhosas e são a cara do Hanson. Espero que eles continuem assim, e quem sabe rola uma turne deles por aqui 🙂

  12. Natália
    Posted June 9, 2010 at 14:50 | Permalink

    Parabéns pela matéria! Como já disseram ali em cima mostra que você procurou bastante sobre a banda para não escrever coisas “nada a ver”. Ótima análise. Disse tudo.

    “Talvez os primeiros discos sejam o motivo que leva muita gente a não levar a sério os irmãos Hanson. Mas não dar atenção ao trio é perder a oportunidade de testemunhar a evolução de uma banda que está na estrada desde 1992, e que vem evoluindo musicalmente com o passar dos anos.”

    Abraços!

  13. Posted June 9, 2010 at 14:53 | Permalink

    Sinceramente, se alguém ler essa matéria e não entender o que a banda sempre foi, essa pessoa precisa de tratamento, por ser altamente desequilibrada.

    Matéria perfeita, faz juz à história e ao valor da música mundial de qualidade, consequentemente ao Hanson e todo o seu trabalho ao longo de todos esses anos, ao serem etiquetados com todo tipo de termos negativos, enquanto o mundo aplaude lixo após lixo.

  14. thaissa
    Posted June 9, 2010 at 15:38 | Permalink

    Deixando a parte o fato de ser fan dos caras, eu acho q vale muito a pena ouvir o “Shout it out“ .

    o cd é alegre e ao mesmo tempo adulto, muito marcado pelo piano, com um som q te leva um pouco ao antigo blues.

    muito bom mesmo!

  15. Victória
    Posted June 9, 2010 at 15:50 | Permalink

    Reportagem INCRÍVEL!
    Mostrou que eles não pararam naquela época, isso é importante. Shout It Out, é com certeza um dos melhores cds deles e é de uma das melhores fases deles tanto na vida pessoal quanto profissional! #ShoutItOut

  16. juliana
    Posted June 9, 2010 at 16:01 | Permalink

    eu simplesmente adorei essa matéria, a melhor de todas as que eu li sobre o cd. muito obrigada por reconhecer o talento de hanson desse jeito porque muitas vezes ele é subestimado. amei a reportagem, muito obrigada mesmo.

  17. Marcela Bibiana
    Posted June 9, 2010 at 16:05 | Permalink

    Noossa!!! Excelente matéria!! Bom saber que ainda existem pessoas sem preconceito musical nesse planeta! Muito obrigada pelo reconhecimento de Hanson não é sinônimo de Mmmbop e de que o Shout It Out merece o respeito de todos que sabem apreciar uma boa música!

  18. Michelle
    Posted June 9, 2010 at 16:30 | Permalink

    Parabéns pelo post. É o tipo de matéria que passa credibilidade a banda de uma maneira verdadeira. E realmente, o cd vale a pena! Para quem curte música pop/rock, eu recomendo.

  19. Fernanda
    Posted June 9, 2010 at 17:28 | Permalink

    Adorei a matéria, muito bem escrita mesmo. Na primeira vez que ouvi o Shout It Out, já tive essa impressão de que esse seria um CD mais alegre mesmo. Diferente de td que o Hanson fez até hj, um outro caminho que ao meu ver, deu certo. Espero que com o lançamento do CD nos EUA e posteriormente internacional, as pessoas sintam o mesmo. 🙂

  20. Renata
    Posted June 9, 2010 at 17:59 | Permalink

    Parabéns pela matéria! Fez um ótimo estudo a respeito da banda e não foi bobo para cair no velho conto da “boyband”, o que Hanson nunca foi.
    É uma banda realmente muito boa, melódica, upbeat! Antes tarde, do que nunca.
    Espero que o Hanson receba hoje os méritos que o preconceito medíocre escondeu nesses todos 13 anos de carreira da banda.

  21. Belise
    Posted June 9, 2010 at 22:01 | Permalink

    OH! “A standing ovation” p/ vc, Rafael, e p/ os Hanson!!! Eu curto o trabalho deles desde 96 e sempre os tive na minha vida muito além de “rostinhos bonitos” e “Mmmbop”! Acompanho tudo até hoje! :PPP “Shout it out” é incrível, as melodias estão muito ricas, as letras mais maduras… Anula completamente a estúpida mania das pessoas os rotularem como uma “boys band”. Gente, esses caras são realmente músicos!!! Falando não só como fã, mas também como ouvinte de boa música (tento ser), agradeço a realização dessa matéria sobre o trabalho dos Hanson, principalmente devido ao reconhecimento da qualidade musical que eles possuem. “Shout it out so everybody can hear”!!!!!!!! 🙂

  22. Nathalia
    Posted June 10, 2010 at 00:03 | Permalink

    Parabéns pela matéria! O CD está incrível!

  23. Deborecah
    Posted June 10, 2010 at 09:23 | Permalink

    Muita gente pode até torcer o nariz pra essa banda. Mas mesmo qm não é fã, deve ouvir o disco, com ctz vai valer a pena! Muito bom mesmo!!!

  24. Posted June 12, 2010 at 07:58 | Permalink

    Nossa… fiz uma regressão ao auge dos meus 15 anos, quando eu ouvia System Of a Down, Blink 182, Linkin Park, Oasis e me sentia uma ET ao lado de minhas amigas que andavam cantarolando “tchuba, tchuba, tchuba, tchuuba, yeah, yeah…” por aí.

    A musica é legal… ainda bem que eles cresceram, rs, ficaram mais bonitos também 😉

    Bjão Rafa!

    Sucesso sempre!!!

  25. Luiz Henrique
    Posted June 12, 2010 at 22:26 | Permalink

    Escutei o CD e gostei bem. As canções estão mais alegres mesmo. Os sax, trompetes e outros metais deram um ar de graça. O pop deles não parece ser infantil, mas bem trabalhado (desde as clássicas “MMMbop” e “Where´s the love”) e com letras inteligentes. Em “Give a Little”, dá pra sentir o clima de sensualidade e imaginar a reticência do “oh, oh, oh”. A música “And I Waited” é o puro embalo de uma noitada. Já “Carry you there” tem uma melodia e um carregamento crescentes, ainda mais qdo os três, Taylor, Isaac e Zac, cantam juntos. Eles foram ousados no clip de “Thinking`bout something”, dançando tão soltos e, claro, meio caricatos. Acho que vou comprar o cd e recomendá-lo. Valerá escutar alto, shouting it out.

  26. Posted June 13, 2010 at 00:18 | Permalink

    Uma das únicas matérias sensatas que já foram escritas sobre o Hanson. Parabéns mesmo (:

  27. Rafael Rodrigues
    Posted June 13, 2010 at 00:24 | Permalink

    Brigado de novo, Nai! E obrigado a todos os que comentaram, mais uma vez!

  28. Vicente Escudero
    Posted June 18, 2010 at 22:20 | Permalink

    O álbum é mesmo muito bom, Rafa. Confesso que eu nem sabia que eles ainda estavam casados. Ninguém mais faz essa mistura despretensiosa de rock, blues e soul…

    Entretantos, duvido que o Keith Richards um dia tenha recebido tantas recomendações femininas depois do lançamento de Let it bleed… 😉

  29. Mônica
    Posted June 30, 2010 at 20:01 | Permalink

    Parabéns pela matéria!

    Afinal, não precisa ser fãn para reconhecer um bom trabalho. Acompanho o Hanson desde o começo, sou fã número um da banda e me alegro quando pessoas inteligentes fazem matérias inteligentes. Os meninos creseceram e estão mostrando toda a competência!

  30. Eliézer
    Posted July 8, 2010 at 21:46 | Permalink

    Eu comecei a escutar Hanson com uns 15 anos, logo que a banda explodiu e sempre fui zoado por que falavam que era uma banda de menininha.

    Escutando Shout it Out, mais precisamente 12 anos depois, eu percebi que estive certo este tempo todo: a banda é boa e valeu a pena acompanhar a sua histótria durante este período. Aos que debochavam de mim, contentem-se com o Justin Bieber ou o Rebolation.

  31. Raquel Garcia
    Posted July 15, 2010 at 22:32 | Permalink

    Poxa, que ótimo…
    Gosto dos Hanson desde 1997 e sei que amadureceram muitoo. Sempre achei o estilo deles diferente dos outros (todos seguem a tal da modinha). Quem me incentivou a ouvi-los foi ninguem menos que meu pai que é um mestre em musica ( Olha, eles gostam de Frank Sinatra ,dizia ele ) Hanson é como definir musica. Eles fazem e muito bem… nota mil pra quem escreveu esse artigo.

  32. arthur kopte
    Posted October 25, 2010 at 01:22 | Permalink

    gostei muito da matéria.

  33. Posted November 20, 2010 at 10:35 | Permalink

    hum…acho que estou chegando um poquinho atrasada aqui, mas o fato é que hoje é a primeira oportunidade que tive de escutar o album todo, e confesso estou realmente orgulhosa dos maninos, sendo fã desde 97 tenho acompanhado a evolução a cada album, e não direi que estou impressionada pois sempre soube do valor de cada album e de cada música, obrigado e parabéns pela excelente critica..
    É ISSO AI GAROTOS!!!
    ARE YOU LISTENING??? (RSRSRS)

  34. Posted November 30, 2010 at 16:50 | Permalink

    Cara, sua matéria ficou muito boa mesmo. Eu sou uma grande fã de Hanson, conheço muito obre eles e tenho que admitir que você explicou tudo que ele são de uma maneira objetiva e perfeita, está tudo aí. Meus parabéns e obrigada por ter de certa forma divulgado o novo álbum deles, já que eles estão meio esquecidos. 🙁
    Foi bom ter tirado aquele antigo rótulo que os Hanson têm… Então, meus parabéns de novo.

  35. Lana
    Posted April 25, 2011 at 15:18 | Permalink

    parabéns pela matéria, realmente nunca vi nada tão bem escrito sobre eles, fala realmente a verdade dos Hanson. Sou fã desde 1995 e os meninos estão cada vez nos surpreendendo mais com o som, azar de quem tem preconceito em ouvir falando que não passa de uma bandinha que não faz mais sucesso, isso é coisa de mal informado! Esse album é incrível. o/

  36. Raquel
    Posted July 28, 2011 at 10:25 | Permalink

    De fato, uma das melhores matérias já escritas dedicada ao Hanson! Parabéns pela sua ética e profissionalismo, mostrando real comprometimento com o conteúdo, sem ferir a identidade desta banda maravilhosa, da qual sou fã há mais de 10 anos! É triste ler reportagens tão preconceituosas e tão irreais, baseadas na própria opinião e naquilo que ouviram no passado – embora tudo sempre fosse de altíssima qualidade, a começar pela maravilhosa MMMBop. Sempre foram músicos e letristas e tanto! Compondo tudo aquilo que cantavam e tocavam, jamais merecendo o rótulo de ‘boy band’, coisa que eles nunca foram. Afinal, na maioria dos casos, os integrantes de uma boy band não sabem tocar um violão sequer… muito menos compor canções! E é por isso que o sucesso deles continua. Influenciados pelo Blues, Soul, Jazz, Rock, surpreendem a cada álbum, mostrando competência e talento. Também vale lembrar os trabalhos sociais e de caridade que os irmãos desenvolvem, revelando o total lado humano, bem como seus valores familiares jamais esquecidos. Quando tinham 17, 14 e 12, respectivamente, Isaac, Taylor e Zac viajavam mundo à fora com seus pais e irmãos em turnês. Bem, poderia passar uma tarde inteira listando e contando coisas maravilhosas referentes a eles. Shout It Out é mais um produto deste imenso talento que só o Hanson tem! E para nós, fãs, eles jamais ficam esquecidos, jamais perdem o foco! Parabéns, novamente, pela matéria!

  37. Giselle
    Posted November 8, 2011 at 17:21 | Permalink

    Adorei a materia so tenho que concordar com tudo que foi escrito , sou fa da banda sim e nunca me coformei com os comentarios preconceituosos em torno deles . Parabens mesmo pelo que foi escrito.

  38. Juliana Leuzzi
    Posted November 19, 2011 at 19:22 | Permalink

    Um ano depois da matéria ser publicada foi que eu a li, porém como mencionado por todos acima, ela está ótima, parabéns!Mostra sua competência como jornalista e divulga uma banda que faz música de verdade, sempre fez. E pra quem ainda tem alguma dúvida/preconceito a respeito dos Hanson, é só ver qualquer um dos vídeos gravados do último show deles em SP, que eu fui,claro,onde provam que um “show” não se faz com figurinos e palcos caríssimos,mas sim, com talento.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*