Leslie Nielsen (1926-2010)

Leslie Nielsen, um dos atores mais engraçados de todos os tempos, faleceu ontem, dia 28 de novembro, aos 84 anos, devido a complicações de uma pneumonia.

Quando eu soube da notícia, primeiro pelo Twitter (mas não acreditei e fui confirmar no Google), confesso que meus olhos ficaram marejados. Mas aí comecei a lembrar dos filmes de Leslie. E não consegui segurar o riso.

Mais conhecido pela trilogia “Corra que a polícia vem aí“, Leslie Nielsen tem uma filmografia mais que respeitável, não apenas tendo atuado em comédias, mas também em produções sérias, como “Forbidden Planet” (1956) e “The Poseidon Adventure” (1972).

Tentei encontrar “Forbidden Planet” para comprar via internet, porque li que é um clássico da ficção científica, mas só encontrei o DVD importado. (Aliás, se alguma produtora lançá-lo no Brasil, já tem uma venda garantida.) Na falta dele, comprei um box com “Apertem os cintos, o piloto sumiu” 1 e 2, por módicos R$ 12,90.

Aliás, “Apertem os cintos… – 1” foi o filme que mudou completamente a carreira de Leslie. Foi a partir dele que o ator começou a fazer mais filmes de comédia, tornando-se um ícone do gênero.

Dos filmes menos conhecidos de Nielsen, lembro com mais facilidade dos engraçadíssimos “O foragido”, paródia de “O fugitivo” (com Harrison Ford e Tommy Lee Jones), e de “Duro de espiar” (paródia de filmes de espionagem). Lembro também de, na época dos vídeo-cassetes, ter alugado fitas do seriado que deu origem aos filmes da série “Corra que a polícia vem aí”. A série tem cenas memoráveis, de rachar de rir. Se alguém duvida disso, aí vai um trecho de um dos episódios (em inglês, sem legendas, infelizmente):

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=FLXyC1cuN3M[/youtube]

Ao contrário do que muita gente pode pensar, fazer comédia não é fácil. Ao menos não a boa comédia. E Leslie Nielsen, em seus melhores filmes, atuava de tal modo que parecia ser tudo muito simples, muito fácil. A seriedade de Frank Drebin, talvez o seu personagem mais conhecido, é hilária por si só. E hoje é difícil apontar algum ator que tenha desempenho e carisma semelhantes aos de Leslie. Que ele descanse em paz, e que seja o responsável por gargalhadas de muita gente, por muitos e muitos anos.

This entry was posted in Filmes. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

One Comment

  1. Posted November 29, 2010 at 11:49 | Permalink

    Realmente estou muito triste com a morte do Leslie Nielsen. Ele marcou minha infância com as chamadas “Comédias Pastelão”, de qualidade inigualável!!!

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*