Há quase sete anos

Fuçando aqui e ali, consegui ter acesso a alguns posts do meu primeiro blog, inaugurado em 31 de agosto de 2002.

Como em breve completarei sete anos na blogosfera brasileira (passando por Terra, Uol, Blogspot, WordPress e finalmente com um domínio próprio) e como encontrei alguns textos aproveitáveis no primeiro blog, resolvi republicá-los nos próximos meses numa categoria chamada “Retrato do blogueiro quando jovem”.

É óbvio que esses sete anos não são nada de mais e não significam nada, para vocês. Mas para mim significam muito. Nada mais justo que tirar alguns posts do limbo e dar a eles uma casa nova.

E vou logo avisando: não esperem grande coisa.

Pra começar, um miniconto sem título de julho de 2004:

Não tivesse Eduarda a ideia absurda de saltar daquele prédio, eu ainda estaria vivo.

“Se você se jogar eu também me jogo.”

“Se joga então que eu quero ver.”

E eu me joguei.

Quando, lá de cima, ela me viu espatifado no chão sendo engolido por uma poça de sangue, virou as costas e foi para o apartamento ver tv.

This entry was posted in Retrato do blogueiro quando jovem. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

One Comment

  1. luizgusmao
    Posted May 17, 2009 at 11:48 | Permalink

    meus parabéns, rafael. sei como é difícil fazer um blog perseverar. ainda mais por tanto tempo assim. já devo ter deletado e reiniciado o meu umas quatro vezes desde 2005. no mais: sempre é bom darmos uma olhada nos tempos em q estávamos engatinhando para ter uma boa medida do ato mudamos [para melhor ou para pior]. requer um certo tipo de desapego. e coragem.

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*