Eu na Brasileiros de julho

Vim avisar logo aqui no blog (depois de ter avisado no Twitter – aliás, recado para quem realmente acompanha o blog: às vezes eu não posto aqui mas fico falando bobagens no Twitter; então, de uma maneira ou de outra, é interessante continuar acessando este endereço, pra ver os twitts na barra ao lado!): resenha minha na edição deste mês da Brasileiros, que, como vocês sabem, está completando dois anos.

A resenha é do livro “Vida conjugal”, de Sergio Pitol. Confiram lá!

Em tempo: na entrevista com Hélio Campos Mello, sugeri que o perfil astrológico do mês de julho fosse dedicado à própria revista. E, como ele adiantou, isso já havia sido planejado e executado. Lendo aqui, gostei muito do trecho que se refere ao “segundo nascimento” da Brasileiros (dia 04 de julho, um dia antes do meu aniversário, portanto). Deixo um trechinho pra vocês, porque vale para (quase) todos os cancerianos.

Falando em cancerianos, hoje é aniversário do Flávio! Parabéns, Flávio! Tudo de bom, rapaz!

A Brasileiros foi para as bancas dia 4 de julho de 2007, mostrando sua cara para os brasileiros. No mapa desse segundo nascimento, o Sol, em Câncer, dá grande sensibilidade e inspiração criadora. Este signo encarna o princípio da tenacidade: quando um caranguejo prende alguma coisa com sua pata nunca larga, que é típico do caráter de Câncer. Câncer é regido pela Lua, que está no signo de Aquário, fornecendo disposição para trabalhar com seriedade, encadeando fatos e processando as informações recebidas. Mostra uma inclinação para ideais humanistas e necessidade de divulgar novos conhecimentos. Se dá bem em trabalhos que exijam confiança inabalável em seus talentos. Estas características ficam reforçadas por um aspecto harmônico entre o Sol (brilho) e Urano planeta ligado a mudanças, inovações e liberdade .

Mercúrio em Câncer permite adaptação fácil a situações novas e interesse por assuntos históricos, tradição e o passado. O trígono de Mercúrio com a Lua e o sextil com Marte nos mostram novamente a facilidade na comunicação, o talento para escrever, a imaginação e a habilidade para colocar as ideias em prática.

Vênus em Leão favorece a apreciação de assuntos artísticos, como música, teatro e outros espetáculos. Marte em Touro reforça a perseverança antes apontada para o Sol em Câncer.

A Lua em conjunção com Netuno e em oposição a Saturno e Vênus apresenta obstáculos para a realização dos objetivos, juntamente com a necessidade de tornar os sonhos uma realidade. Mas Plutão fazendo um aspecto harmônico com estes planetas dá um senso de estratégia adequado, capacidade de transformação e ajudas inesperadas, quando necessário. Saturno em trígono com Plutão explica a seriedade e a necessidade de que tudo seja muito bem feito.

This entry was posted in Resenhas. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

One Comment

  1. Posted July 10, 2009 at 17:55 | Permalink

    Opa, valeu pela lembrança, Rafael. hehe 🙂

    A propósito, já tinha visto esta tua entrevista e a resenha do livro “Vida Conjugal”, e ambas ficaram ótimas.

    Abração!

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*