Escrever é a maneira mais simples de morrer

“Escrevo em folhas de papel. Você recolhe e guarda, temendo desaparecerem. Alguma coisa se perderia se elas nunca fossem lidas? Talvez nada, porque escrevo apenas para me livrar da memória. Esses rabiscos são o meu esquecimento. Lembra as pinturas rupestres nas paredes da caverna que visitamos? Alguém desejava livrar-se da memória que o incomodava e pôs-se a desenhar e pintar nas pedras. Escrever é a maneira mais simples de morrer, embora muitos achem que é o único modo de permanecer vivo. Sílvia não gosta que eu fale dessas coisas, pois teme a morte. Por isso ela não dorme nunca, a não ser quando se enche de remédios.”

O trecho acima foi escolhido para figurar na quarta capa do livro de contos “Retratos imorais”, de Ronaldo Correia de Brito. (Os grifos são meus.)

Assim que terminei de ler o trecho, folheei o livro em busca do conto do qual ele faz parte. Não demorou muito para encontrá-lo: “Toyotas vermelhas e azuis”, uma história belíssima que preciso reler em breve.

This entry was posted in Literatura. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

4 Comments

  1. Posted September 15, 2010 at 10:19 | Permalink

    Rafael,

    Saiu uma crítica muito boa do Ricardo Lísias (no sábado ou domingo) sobre o “Retratos imorais” – agora não sei mais se na Folha ou Estadão. Parece ser um ótimo livro! Ainda não li nada do Ronaldo, mas estou curiosíssimo para conhecer sua literatura. Fale-nos do livro quando acabar.

  2. Posted September 15, 2010 at 14:15 | Permalink

    Tinha lido alguns comentários a respeito desse lançamento, mas tudo muito hermético, baseado em notas da assessoria de imprensa. Por outro lado, bastaram seu comentário e citação para cutucar minha curiosidade. Bela dica!

    • Rafael Rodrigues
      Posted September 16, 2010 at 01:26 | Permalink

      Legal, Edu!

      Pretendo escrever mais sobre o livro em breve, Wellington.

      Abraços!

  3. Posted September 19, 2010 at 09:44 | Permalink

    . muito bom;

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*