Audiência

É incrível o número de leitores que entrou aqui no blog buscando “os melhores livros de 2007“. Eu realmente não esperava isso. Ontem foram 39 cliques nele, e hoje, às 13:44 (no horário de verão), foram 18 cliques. Será que essa gente toda está mesmo interessada em ler?

O engraçado é que um post muito mais relevante que uma lista dos melhores livros do ano, que é o que estão buscando e acho que estão se decepcionando muito ao ver que eu não fiz uma, teve uma quantidade inexpressiva de leitores. Estou falando do post “Nem todo mundo é um crítico“, que me deu um trabalhão pra escrever.

Leitor é mesmo um bicho muito estranho. Parece até mulher.

Mas mulher é mais complicada.

Aproveitando, faz poucos dias que li “As horas podres“, de Jerônimo Teixeira, com quem já fiquei danado da vida pelo menos uma vez. O livro é uma beleza de tão bom, e coloco junto de “Fup” e “O brilho do sangue”, na lista dos que me surpreenderam este ano. Sobre o post de dois anos atrás, algumas coisas mudaram. Não sei se o escreveria do mesmo jeito hoje.

This entry was posted in Livros. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

One Comment

  1. Renata Miloni
    Posted December 18, 2007 at 16:01 | Permalink

    Hitler também deve ter feito alguma coisa boa na vida. 😛

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*