90 livros clássicos para apressadinhos

Ao contrário do que eu pensava, o “90 livros clássicos para apressadinhos” (Record, 192 págs., R$ 26,90, tradução e adaptação do cartunista Ota) não contém apenas resumos textuais. O autor do livro, Henrik Lange, mistura texto e quadrinhos de maneira bem-humorada, às vezes ácida e às vezes irônica – ou tudo ao mesmo tempo.

Entre os livros resumidos, estão clássicos incontestáveis como “Dom Quixote” (Miguel de Cervantes), “Moby Dick” (Herman Melville), “1984” (George Orwell), “O processo” (Franz Kafka), além de alguns best-sellers, como “O código Da Vinci” (Dan Brawn) e “O alquimista” (sim, dele mesmo, Paulo Coelho).

A cada livro são dedicados quatro quadrinhos (na verdade, três, porque o primeiro é sempre com o título da obra e uma imagem simbólica). Os desenhos são todos do sueco Henrik Lange, e os textos foram escritos em parceria com o norte-americano Thomas Wengelewski.

Depois de uma série de leituras “sérias”, e até um tanto densas, nada como um livro divertido para “limpar” a mente. Li “90 livros clássicos para apressadinhos” em pouco tempo. Ele chegou por aqui num sábado e, antes mesmo de realmente acordar – levantei, peguei o livro e voltei com ele para a cama -, havia lido quase a metade. Na parte da tarde li mais um pouco e dei cabo dele à noite. Uma pena que tenha acabado tão rápido. Felizmente, vai sair por aqui outra obra de Lange: “90 filmes clássicos para apressadinhos”. Não vejo a hora.

***

Aí vai um aperitivo do livro: três páginas que fotografei com a câmera do celular (por isso a qualidade não tão boa, mas até que não ficou tão ruim). Notem como o traço de Lange é peculiar, e como os textos são engraçados. Os livros resumidos são: “O lobo da estepe”, de Hemann Hesse; “A Náusea”, de Jean-Paul Sartre; e “O carnê dourado”, de Doris Lessing (sendo que este último está fora de catálogo no Brasil). Clique nas imagens para aumentar o tamanho.

This entry was posted in Literatura. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

3 Comments

  1. Posted July 7, 2010 at 08:36 | Permalink

    Essa do Sartre é muito boa!!

    Colocar o “Dom Quixote” em 3 quadrinhos deve ter sido uma árdua tarefa.

    Gostaria de ver o calhamaço “2666”, do Roberto Bolaño em quadrinhos. rss

  2. Bob
    Posted December 28, 2010 at 19:04 | Permalink

    Vou dar o livro de presente pro meu amigo que odeia ler, vamos ver se ele vai usar o livro como pretexto pra ler menos ainda ou se vai finalmente pegar o gosto pela leitura 😀

    • Rafael Rodrigues
      Posted December 29, 2010 at 13:25 | Permalink

      Legal, Bob! Espero que ele curta e se interesse pelos livros! Outra boa pedida para esse seu amigo é “Cicatrizes”, de David Small, que resenhei aqui no blog. Um abraço!

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*