5 anos juntos

Bom, vocês já sabem como aconteceu o nosso primeiro beijo. Mas não contei ainda como foi que começamos a namorar.

Depois daquele 27 de novembro mágico, Cassia e eu continuamos a nos falar, tanto pela internet – naquela época ainda frequentávamos o mIRC – quanto por telefone. Mas o fim do ano propriamente dito se aproximava e, com isso, o aumento na nossa carga de trabalho. Como dito no post anterior, tanto eu quanto ela trabalhávamos no comércio, sendo que eu trabalhava no shopping. Ou seja: não tinha sequer fim de semana.

Prevendo um possível distanciamento por conta desse aumento de trabalho, propus que nos encontrássemos na única data possível tanto para mim quanto para ela (antes de 2005): 12 de dezembro, um domingo, duas semanas depois do primeiro beijo, portanto.

Marcamos o encontro no shopping, e agora não me recordo se eu tinha trabalhado naquele dia ou não. Mas lembro que nos encontramos no hipermercado e, quando nos vimos, ficamos sem saber se nos beijamos na boca ou se os beijos seria na bochecha. Acho que, naquele primeiro momento, fomos conservadores, mas ela poderá confirmar ou corrigir isso. Fiquem ligados nos comentários.

Do hipermercado fomos conversando e andando até a praça de alimentação. A memória vai me deixar na mão mais uma vez e confesso que não lembro se comemos algo, mas jamais esquecerei do banco em que sentamos e de como a pedi em namoro.

Na verdade, não a pedi. Quase exigi que ela começasse a namorar comigo. Porque eu sabia, de alguma forma, que era ela – e é, e vai continuar sendo, sempre – a mulher da minha vida. Lembro que, depois de conversarmos mais um pouco, eu disse algo do tipo “dia 12 de janeiro fazemos 1 mês, então?”. Como eu saíra de um relacionamento há pouco tempo, ela estava um tanto insegura. Mas, felizmente, aceitou minha “proposta”.

E cá estamos, juntos, até hoje. E continuaremos por muito tempo ainda. Muito tempo.

This entry was posted in A vida como ela é. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

3 Comments

  1. Cassia
    Posted December 21, 2009 at 22:34 | Permalink

    * Vamos ao dados: você trabalhou naquele dia. fomos conservadores. não lembro se comemos algo.

    Ah, coração, bendita hora que tu me “exigiu” que eu começasse a namorar com você… (esqueci o que ia escrever)

    5 anos juntos e quantas histórias para contar. Eu também sabia que era você – e é, e vai continuar sendo, sempre – o homem da minha vida. Quando penso em mim penso em você também. Eu sou e continuarei a ser FELIZ ao seu lado. Sou apaixonada por você.

    Eu amo porque admiro. Amo.

  2. Posted December 22, 2009 at 11:00 | Permalink

    E esse casório, sai ou não sai?

  3. Rafael Rodrigues
    Posted December 26, 2009 at 02:17 | Permalink

    hehehe sai, sim. é só uma questão de nos estabilizarmos financeiramente. espero que isso aconteça logo! 🙂

2 Trackbacks

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*