42

Eu, no fundo, sou muito romântico.
Gosto das mulheres por todas as razões e não apenas pelos seus seios, pelo seu rabo, pelas suas ancas e pela sua.
Gosto muito de mulheres.
Está-me no sangue.

Se uma mulher me pedir:
– Quero que subas até ao 10º andar pelas escadas e de lá do alto quero que grites que me amas; se uma mulher me pedir isto é claro que eu não vou subir a lado nenhum, nem gritar nada – que não sou de gritos – mas de certeza que lhe vou dar um beijo.
Elas não resistem a isto.

Ser romântico é dar beijos em qualquer situação.
Elas pedem-nos uma outra coisa e nós zau: um beijo.
Elas choram e nós zau: 1 beijo.
Riem à gargalhada e nós, zica: 1 beijo.
É assim:
beijos, beijos, beijos.

Sou romântico, mas não sou palerma.
Subir de escadas até ao 10º andar por causa de uma mulher?
Nem pensar.

Eu bem que poderia ter escrito isso, mas é mais um trecho de um dos poemas, “42“, de “O homem ou é tonto ou é mulher“, de Gonçalo M. Tavares.

This entry was posted in Citações. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

2 Comments

  1. Cássia
    Posted March 20, 2007 at 17:08 | Permalink

    Esse livro é muito legal. Dei muita risada. 😉

  2. Thiago
    Posted March 20, 2007 at 19:13 | Permalink

    Huahuahuahua…

    Fantástico! Tava querendo rir mesmo…

    Abraços!

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*